quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Dando Graças ao Senhor !


Como podemos falar assim?
Como podemos pensar desta maneira?
Permitiu-O a nós, o fruto de nosso fruto ajudar a amadurecer.
Quis o Alto, ainda que d’outros frutos seus, do amadurecer também participássemos.
Companheiros de tantos anos juntos deste Jardim cuidamos, irmãos quando brincamos, amigos quando festejamos.
Quantas palavras ao léo pudemos jogar, quantos as ouviram.
Quantos pingos d'água da chuva em nós caíram, quantos raios de sol as secaram.
Quantas vezes de frio trememos, quantas de calor transpiramos.
Quantos pássaros vimos voar, quantos a cantar.
Quantas flores de mil cores e aromas sentimos no ar.
Como podemos então da vida desdizer?
Ao Senhor não agradecer, pela vida merecer.

“Absoluto me encontro
Tão cheio o coração
O Alto em mim está
Incansável caminho
Sopra o vento ao topo
Altíssimo eleva-se
Inatingível Ser
O Etéreo suplanta a matéria
Invencível único é
Apaixonado ser.”

ivan de s. machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário