quinta-feira, 14 de julho de 2011

A ARANHA E O POETA.


A aranha tece a teia, o poeta versos
Às vezes acontece
De se prenderem por lá,
No próprio emaranhado,
Fio a fio tece junto paciência,
Passa o tempo, cresce o verso
A aranha tricota, o poeta escreve 
Hoje imagina tecla,
Aranha termina, poeta rumina
A aranha sabe ,o poeta ...quem sabe!

Ivan de Machado

3 comentários:

  1. Olá Isidoro,

    Que linda comparação entre a aranha tecer a teia e o poeta criar a poesia. A imagem, perfeita!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Parabens....
    Estou gostando....do que vou lendo...

    ResponderExcluir
  3. Parabens....
    Estou gostando....do que vou lendo

    Bjus Cynthia

    ResponderExcluir