sábado, 17 de novembro de 2012

PERDIDO !


  1. Subo e desço a rua e não me encontro.
    Não pergunto. Procuro. Sem ela sou assim.
    Tropeço a cada andar
    Tateio sem nada encontrar
    Sem rumo sem prumo
    Surdo no som me guio
    Sua voz não está em meus ouvidos, mas na minha cabeça.
     Brincando com minha mente.
    Desorientado desnorteado
    Perdido desesperado
    Como um náufrago em alto mar, olho e só vejo água.
    A solidão é tanta quanto fosse eu o único a existir.
    Pássaros voam sobre mim
    Grasnam como a rir.
    A sede de você é tanta que meu coração esta seco.
    O ar que entra em meus pulmões, de tão quente evapora o que resta de esperança em mim.
    A areia do deserto
    Afunda sob meus pés
    Penetra em minha boca
    Cola em minha língua
    Sufoca minha garganta
    Falta ar.
    Entre soluços, sigo a caminhar.
    Sei... Não vou mais lhe encontrar.

    Ivan de Souza machado

Um comentário:

  1. Muito lindo..... mas não se sinta perdido.. eu sempre te acho.... Aline

    ResponderExcluir